A associação portuguesa de videojogos, AEPDV, lança um guia completo para os esports

AEPDV

 

[PRESSWIRE] 29 Julho - Lisboa -- Hoje, a AEPDV, em representação da indústria portuguesa de videojogos, publicou o primeiro compêndio exaustivo sobre videojogos na sua vertente competitiva. O Guia para os Esports representa o estado dos esports em termos globais para todas as partes interessadas, incluindo editoras, produtoras, organizadores de torneios, equipas, jogadores e fãs.

 

“O Guia para os Esports” – tudo aquilo que alguma vez precisou de saber acerca dos videojogos na sua vertente competitiva: o seu impacto global, a importância da propriedade intelectual e o crescimento exponencial deste fenómeno

 

Tiago Sousa, Diretor da AEPDV, refere: “Com este guia temos o privilégio de apresentar dados sobre a indústria, bem como a contribuição que os esports fazem em termos de oportunidades para a criação de empregos, para o crescimento económico, turismo, desenvolvimento de comunidades, educacionais, inclusão social e desenvolvimento das tão necessárias competências digitais.”

 

Sergi Mesonero, Diretor da ISFE Esports, anuncia: “Os esports provaram ser um dos desenvolvimentos mais empolgantes do entretenimento. Este fenómeno mundial não apenas mostrou quão grande é a componente social dos jogos em geral, mas também abraçou importantes valores sociais, como o ‘team building’ e igualdade. Esperamos que O Guia para os Esports ajude a promover uma maior compreensão da indústria e um diálogo contínuo entre as editoras de videojogos e o legislador, para melhor garantir o crescimento contínuo e sustentado deste setor global dinâmico, que tem um desempenho tão forte na Europa.”

 

O Guia para os Esports descreve o crescimento económico mundial, demografia, criação de empregos e oportunidades educacionais e sociais. O guia também detalha o compromisso da indústria com os princípios de jogabilidade responsável e bem-estar do jogador, integridade, diversidade e jogo justo. É criado com o apoio da Interactive Software Federation of Europe (ISFE), representando a indústria dos videojogos na Europa, em conjunto com as suas congéneres globais, a Entertainment Software Association (ESA) nos EUA, a Entertainment Software Association of Canada (ESAC) e a Interactive Games and Entertainment Association of Australia and New Zealand (IGEA).

 

# # #

 

Sobre a AEPDV

 

A AEPDV é a associação portuguesa que se dedica exclusivamente à representação de empresas produtoras e distribuidoras de videojogos. Um dos focos da AEPDV é zelar por práticas saudáveis no consumo de videojogos, apoiando assim o sistema de classificação etário PEGI em todas as suas dimensões, para que os consumidores/pais/educadores possam adquirir os conteúdos mais adequados de acordo com a faixa etária a que se destinam. Para obter mais informações sobre estes e outros assuntos relevantes para uma jogabilidade saudável, visite-nos em aepdv.pt.

 

Sobre a ISFE Esports

 

A ISFE Esports, uma divisão da ISFE, representa as principais partes interessadas dos esports na Europa, incluindo empresas de videojogos, organizadores de torneios, broadcasters e associações nacionais. A missão da ISFE Esports é alinhar estrategicamente a política sobre esports em toda a Europa, coordenar e articular a voz do setor, compartilhar as melhores práticas e aumentar a consciencialização sobre os esports e as oportunidades que oferecem. Para mais informações, visite o site da ISFE Esports ou siga a ISFE no Twitter @ISFE_Games.