Líderes mundiais pedem ação sobre água, saneamento e higiene para prevenir COVID-19

Saneamento e Água para Todos (SWA)

[PRESSWIRE] New York, New York - 14 May, 2020 -- Chefes de Estado e Governo e de agências das Nações Unidas, instituições financeiras internacionais e líderes da sociedade civil, setor privado e organizações de academicas emitiram hoje a seguinte Chamada à Ação...

40% da população do mundo não tem água corrente e sabão em casa...

“Até que exista uma vacina ou tratamento para a COVID-19, não há melhor cura do que a prevenção. Água, saneamento e higiene, juntamente com o distanciamento físico, são essenciais para impedir a propagação da COVID-19, e uma primeira linha de defesa contra esta séria ameaça à nossa vida e aos sistemas nacionais de saúde. Lavar as mãos com água e sabão mata o vírus, mas requer acesso a água corrente em quantidades suficientes.

Os nossos planos de resposta – aos níveis nacional, regional e global - devem, portanto, dar prioridade aos serviços de água, saneamento e higiene.

Líderes que reconhecem o papel da água, saneamento e higiene na prevenção da propagação da COVID-19, salvarão vidas. Os líderes que dao prioridade a colaboração e o apoio internacionais, salvarão vidas. Só somos tão saudáveis quanto os membros mais vulneráveis da sociedade, independemente do país em que estes se encontrem.”

Coordenada pela parceria global da ONU Saneamento e Água para Todos (SWA), a Chamada à Ação enumera cinco medidas concretas que os lideres mundiais podem adotar para reforçar os efeitos preventivos do acesso à água, saneamento e higiene na luta contra o COVID-19.

Kevin Rudd, Presidente de Alto Nível da SWA, afirmou: “O acesso à água potável e ao saneamento é absolutamente crucial para retardar a disseminação do COVID-19. Isto é particularmente importante em países com sistemas de saúde frágeis ou onde o distanciamento social é mais difícil. O apoio dos líderes mundiais a esta Chamada à Ação é uma forte demonstração do seu apoio ao trabalho da parceria da ONU Saneamento e Água para Todos. ” Concluiu: "Agora precisamos assegurar que esta mensagem política se transforme em ação prática, especialmente à medida que aumenta o risco de uma terceira onda do vírus em vários países em desenvolvimento."

Atualmente, 40% da população mundial, ou seja 3 bilhões de pessoas, não têm água corrente e sabão em casa. 47% das escolas têm as mesmas carencias , o que afeta 900 milhões de crianças em idade escolar. O  mesmo acontece com 16% dos estabelecimentos de saúde, ou seja cerca de 1 em cada 6. Quer isto dizer que estes estabelecimentos de saude nao dispoem de  instalações de higiene de mãos, onde os pacientes recebem atendimento, nem de água e sabão nas casas de banho.

Aceda à Chamada à Ação e à lista completa de signatários.

Nota para o editor

Saneamento e Água para Todos (SWA) é uma parceria de governos e os seus parceiros da sociedade civil, setor privado, agências da ONU, instituições de pesquisa e aprendizagem e comunidade filantrópica. Juntos, os parceiros da SWA estimulam o diálogo político de alto nível (a nível nacional, regional e global) e coordenam e monitoram progresso para ao metas de saneamento, água e higiene dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Mais informações: www.sanitationandwaterforall.org

#GlobalCall4Water #SWAinAction

Contato de imprensa

Alexandra Reis

Chefe de comunicação, SWA

alexandra.reis@sanitationandwaterforall.org

Disponível para entrevistas

  • Catarina de Albuquerque, CEO da SWA e ex-relatora especial da ONU sobre os direitos humanos à água e ao saneamento
    (Idiomas: inglês, português, francês, espanhol, alemão)
  • Patrick Moriarty, Presidente do Comit é Diretor da SWA
    (Idiomas: inglês, francês)
  • Para ter acesso a outros signatáriospor favor entre em contato conosco

ENDS